Chef João Rodrigues no comboio Presidencial

João Rodrigues, chef do ano nos prémios mesa marcada, é o último Chef confirmado na edição de Maio do presidential


Depois de Esben Bang e Pedro Lemos, a organização do Presidential anuncia hoje o Chef João Rodrigues, detentor de uma estrela Michelin no restaurante Feitoria, em Lisboa, como o último chef a bordo do Comboio Presidencial Português ao longo de 10 viagens gourmet na linha do Douro.

"João Rodrigues é um dos Chefs mais talentosos da sua geração, cujo ponto de partida é o produto, a matéria e o respeito pela mesma. Não só esta visão é perfeitamente alinhada com a do Presidential, como além disso permite-nos fechar esta edição com um Chef de Lisboa, um do Porto e um internacional.” diz Gonçalo Castel-Branco, fundador e curador do projecto. Desde sempre apaixonado pela história da gastronomia e pelos sabores asiáticos e orientais, o Chef traz, ao comando do Feitoria, um conceito inspirador à cidade de Lisboa: uma visão contemporânea dos Descobrimentos e uma viagem pela influência da cozinha portuguesa no mundo. A somar aos vários prémios e a uma Estrela Michelin ganhos ao longo da sua carreira, mais recentemente, o Chef João Rodrigues foi distinguido em 2016 com os prémios “Chef do ano” e “Restaurante do Ano” nos prémios Mesa Marcada.

“Esta seleção acaba por formar um tema - estes três chefs são rising stars do mundo gastronómico, os três relativamente novos e já muito reconhecidos. São o futuro do fine dining.” diz o organizador. Fica assim completa a lista de estrelas Michelin a bordo do Comboio Presidencial no mês de Maio:

3 – 7 Maio: Chef Esben Holmboe Bang – 3 Estrelas Michelin

10 – 11 Maio: Chef Pedro Lemos – 1 Estrela Michelin

12 – 14 Maio: Chef João Rodrigues – 1 Estrela Michelin

A um mês do início da edição da edição de Maio, os vinhos servidos a bordo estão também entre as surpresas já reveladas: os escolhidos para esta edição são os magnificos Niepoort, Quinta do Vallado, Quinta Vale D. Maria e os portos da Graham’s.

SOBRE O COMBOIO PRESIDENCIAL
Hoje a jóia da coroa do património ferroviário Português, o Comboio Presidencial transportou Presidentes, Chefes de Estado, Reis e Papas durante mais de um século. Construído em 1890, este serviu a corte do rei D. Luís I como o Comboio Real, recebendo a bordo convidados de honra como a rainha Isabel II e o Papa Paulo VI. Rebatizado “Comboio Presidencial” no inicio do século, transportou os Chefes de Estado Portugueses até 1970, altura em que foi oficialmente retirado de circulação. Magnificamente restaurado em 2010, o mobiliário e charme que o tornaram icónico mantêm-se intactos e está desde então em exposição no Museu Nacional Ferroviário como a mais emblemática peça da nossa história ferroviária.

Existem 0 comentários

Deixe o seu comentário

Mensagem para os nossos hóspedes sobre actualizações das medidas Clean & Safe. Ver Mais